Segunda-feira, 03 de Setembro de 2012

Sou uma leitora mais ou menos ocasional da ficção romântica, há alturas em que me sabe bem ler um livro que mesmo antes de começar adivinho o final. Estes livros são para mim um guilty pleasure, vejo-os como uma forma de passar o tempo e às vezes rio-me quando o enredo vai pelos caminhos mais óbvios e esperados. Por regra não escrevo aqui ou no meu próprio blogue sobre este tipo de livros até porque considero que quem os quer ler facilmente os identifica nas livrarias pelas suas capas e títulos. Além disso nunca li nenhum que achasse que merecia atenção ou se destaca-se dos outros.

 

Hoje abro uma excepção para este The Secret Pearl de Mary Balogh. Há uns meses surgiu no nosso mercado a primeira tradução de um livro desta autora e há uns dias outro titulo foi publicado. Este livro sobre qual escrevo ainda não está publicado por cá, mas com este bom ritmo é natural que não demore muito a chegar cá.

 

O livro começa à porta de um teatro no londrino, quando um cavalheiro, Adam Kent vê uma prostituta, Fleur, a quem acaba por solicitar os seus serviços. Os dois dirigem-se a uma pensão. Após a consumação da relação Adam percebe que foi o primeiro cliente de Fleur e que a jovem está a passar tempos difíceis, além de lhe pagar pelos serviços Adam oferece-lhe ainda comida.

As coisas não são fáceis para Fleur, que saiu de casa, sem referencias e sem nunca ter trabalhado, tendo apenas as prendas de uma jovem da sociedade, Fleur não consegue encontrar trabalho e vê na prostituição o seu último recurso.

Talvez por culpa, talvez por caridade Adam decide ajudá-la, tentando descobrir o seu paradeiro, algo difícil. Acaba por recorrer a uma agência de empregos perto do sítio onde deixara Fleur ( ela recusa-se a que ele a leve a casa).

O plano dá certo e poucos dias depois Fleur está a caminho da casa de campo de Adam para se tornar na preceptora da sua filha, Pamela. Fleur está feliz por não ter de recorrer à prostituição e por poder ganhar dinheiro de forma honesta, ignorante que a sua jovem pupila é filha do seu primeiro e único cliente.

 

Este livro, ao contrário de muitos outros do género, não nos apresenta o típico homem mulherengo, objecto do desejo de todas as mulheres, que se apaixona pela jovem inocente. Outro ponto a favor é não termos uma visão redutora dos personagens já que não temos a narração na primeira pessoa pela personagem feminina ou não sendo narrado por ela apresenta apenas a sua perspectiva dos factos; vemos muitas cenas passadas entre outros personagens e das quais os protagonistas não fazem parte.

O livro encerra alguns mistérios que vão sendo desvendados e que irão com certeza surpreender o leitor. É uma leitura aconselhada a quem gostar do género.



publicado por Vera às 13:13
O que nos move é a Paixão de Ler. Este blogue será dedicado às nossas leituras. É um espaço aberto para esgrimir opiniões sobre aqueles que são os nossos melhores amigos na solidão - Os Livros.
Setembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

24
25
26
27
28

30


arquivos
2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog
 
tags

642 things to write about

a arte perdida de guardar segredos

a cabana do pai tomás

a casa do destino

a fada do lar

a melodia do adeus ; nicholas sparks

a última carta de amor

aconteceu em roma; nicky pellegrino

além tejo

alessandro barricco

allan percy

amo-te teresa

amor e sedução segundo jane austen

amor utopia ou realidade?; valerio albis

ann brashares

ann radcliffe

as esquinas do tempo

as farpas

as mulheres casadas não falam de amor; m

as raparigas da villa

as serviçais; the help; kathryn stockett

as velas ardem até ao fim

carlos quiroga

catarina pereira araújo

charles dickens

colleen mccullough

como tornar-se doente mental

conto

cristina boavida

daniel j. skrasmesto

david copperfield

de mãos dadas com a perfeição

diana gabaldon

eça de queiroz

einstein para despistados

em nome da memória

em terra de cegos

espero por ti na abissínia

eva rice

evie blake

f scott fitzgerald

francesco alberoni; sexo e amor

gabriel garcia márquez

gabriel's inferno

gabriel's rapture

gabriel's redemption

gaby hauptmann

gary chapman; as cinco linguagens do amo

gente feliz com lágrimas

gentleman; klas ostergren; romance polic

guia para um final feliz

h.g. wells.

harriet

henry miller

j.l. pio abreu

j.r. r.tolkien

jane eyre

jasper fford

joão de melo

john boyne

jojo moyes

jonas jonasson; o centenário que fugiu p

jorge amado

josé rodrigues dos santos; o homem de co

kevin brockmeier

lauren henderson

lea vélez

lisa keyplas

luís sepúlveda; conto

mar morto

mário salgueiro

mário soares

mark twain

mary balogh

mataram o s.n.s.

meg cabot

million dolar baby; f.x. toole

mulher procura hotel de cinco estrelas c

nicky pellegrino

o amor nos tempos de cólera

o grande amor da minha vida. paullina si

o grande gatsby

o hobbit

o livor do amanhã; cecelia ahern

o meu encontro com a vida; cecelia ahern

o principezinho; a.g. roemmers

o rapaz da porta ao lado

o rapaz do pijama às riscas

o regresso do jovem príncipe

o segredo de sophia

o sorriso ao pé das escadas

obrigada pelas recordações; cecelia aher

olhos de cão

orlando

os mistérios de udolfo

outlander- nas asas do tempo

pássaros feridos

peito grande ancas largas; mo yan; guan

perca o peso certo; bob harper; a dona d

policial

todas as tags

RSS
blogs SAPO