Quarta-feira, 14 de Agosto de 2013

É desoladora a sensação de vazio e tristeza que nos fica depois de ler um livro destes; uma saga maravilhosa que nos presenteia com as vidas e agruras de três gerações familiares.

 

É desolador porque foram dias a fio mergulhada na angústia de Meggie O’Neill e de Ralph de Bricassart. E pode afirmar-se que estes dois coloriram uma das mais belas histórias de amor de que há conhecimento na história da literatura mundial. Colleen McCullough foi realmente uma mulher corajosa e abençoada, não só porque se atreveu a escrever sobre um padre católico que quebra todos os seus votos, como conseguiu narrar, de forma soberba uma história que se compõe, não só de romance, como também da evolução social, económica e política de quase todo um século. Foca ainda relações familiares complicadas, dolorosas e tantas vezes agrestes.

 

Quando digo que a história é triste, digo-o com firmeza. É sobretudo triste e faz-nos pensar em como tanta gente vive, vidas inteiras, sem conhecer a felicidade que tanto anseia; e em pessoas que abdicam daquilo que amam para perseguir um ideal, muitas vezes demasiado ambicioso e egoísta. Sacrificar um amor como o de Ralph e Meggie é um crime, mas um crime que mais criminoso seria se fosse perpetuado. Amor versus crença, versus religião… Ralph de Bricassart debateu-se toda a a sua vida com isso e acabou por optar por aquilo que era mais forte na sua consciência, pelo amor que sentia que devia a Deus. Meggie, essa lutou por esse amor mas nunca foi tão forte quanto Deus, quanto a igreja.

 

Vi a série de 1983 que retrata esta história. Acho que muitas pessas ainda se lembram dela. Havia poucos canais então e ver um padre católico agir daquela forma, por mais atraente e romântico que fosse, foi um choque para muitas pessoas, especialmente para os mais católicos. E Meggie, a descrente e pecaminosa que ‘seduzia’ Ralph, não lhe ficava atrás no que se referia a desdém por parte dessas pessoas mais religiosas. Mas o romance tudo venceu e a história deles foi escrita e filmada de forma tão envolvente que raras pessoas (principalmente as mulheres, claro) ficaram imunes ao seu encanto. Foi decididamente um marco da minha infância e nunca me imaginei a ler a obra que sempre achei demasiado extensa e maçuda. Mas valeu a pena! Muito. Aconselho.

 

E, sim, o livro é melhor que a série. Mas aconselho ambos.

 



publicado por Sandra F. às 00:15
Pela descrição parece interessante. Começo assim que consiga. :)
Eva Sousa a 15 de Agosto de 2013 às 01:45

Não te vais arrepender :-)
Sandra F. a 17 de Agosto de 2013 às 15:19

O que nos move é a Paixão de Ler. Este blogue será dedicado às nossas leituras. É um espaço aberto para esgrimir opiniões sobre aqueles que são os nossos melhores amigos na solidão - Os Livros.
Agosto 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
30
31


arquivos
2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog
 
tags

642 things to write about

a arte perdida de guardar segredos

a cabana do pai tomás

a casa do destino

a fada do lar

a melodia do adeus ; nicholas sparks

a última carta de amor

aconteceu em roma; nicky pellegrino

além tejo

alessandro barricco

allan percy

amo-te teresa

amor e sedução segundo jane austen

amor utopia ou realidade?; valerio albis

ann brashares

ann radcliffe

as esquinas do tempo

as farpas

as mulheres casadas não falam de amor; m

as raparigas da villa

as serviçais; the help; kathryn stockett

as velas ardem até ao fim

carlos quiroga

catarina pereira araújo

charles dickens

colleen mccullough

como tornar-se doente mental

conto

cristina boavida

daniel j. skrasmesto

david copperfield

de mãos dadas com a perfeição

diana gabaldon

eça de queiroz

einstein para despistados

em nome da memória

em terra de cegos

espero por ti na abissínia

eva rice

evie blake

f scott fitzgerald

francesco alberoni; sexo e amor

gabriel garcia márquez

gabriel's inferno

gabriel's rapture

gabriel's redemption

gaby hauptmann

gary chapman; as cinco linguagens do amo

gente feliz com lágrimas

gentleman; klas ostergren; romance polic

guia para um final feliz

h.g. wells.

harriet

henry miller

j.l. pio abreu

j.r. r.tolkien

jane eyre

jasper fford

joão de melo

john boyne

jojo moyes

jonas jonasson; o centenário que fugiu p

jorge amado

josé rodrigues dos santos; o homem de co

kevin brockmeier

lauren henderson

lea vélez

lisa keyplas

luís sepúlveda; conto

mar morto

mário salgueiro

mário soares

mark twain

mary balogh

mataram o s.n.s.

meg cabot

million dolar baby; f.x. toole

mulher procura hotel de cinco estrelas c

nicky pellegrino

o amor nos tempos de cólera

o grande amor da minha vida. paullina si

o grande gatsby

o hobbit

o livor do amanhã; cecelia ahern

o meu encontro com a vida; cecelia ahern

o principezinho; a.g. roemmers

o rapaz da porta ao lado

o rapaz do pijama às riscas

o regresso do jovem príncipe

o segredo de sophia

o sorriso ao pé das escadas

obrigada pelas recordações; cecelia aher

olhos de cão

orlando

os mistérios de udolfo

outlander- nas asas do tempo

pássaros feridos

peito grande ancas largas; mo yan; guan

perca o peso certo; bob harper; a dona d

policial

todas as tags

RSS
blogs SAPO